Avaliação do Nível da Satisfação dos Utentes no Centro Saúde de Achada Santo António

thumbnail.default.alt
item.page.date
2020
relationships.isAuthorOf
Barros, Ana Bela
item.page.journal-title
item.page.journal-issn
item.page.volume-title
item.page.publisher
item.page.abstract
A avaliação da satisfação dos utentes tem tido uma importância crescente na avaliação da qualidade de saúde, na orientação do planeamento de gestão dos processos e dos recursos da saúde. Os Centros de Saúde são unidades de prestação de cuidados de saúde, individuais e familiares, constituídas por equipas multiprofissionais, integrando médicos, enfermeiros, assistentes sociais, psicólogos, nutricionistas, fisioterapeutas, pessoal administrativos e outros profissionais, consoante as necessidades e as disponibilidades dos recursos. Este trabalho pretende-se avaliar o nível de satisfação dos utentes do Centro de Saúde de Achada Santo António (CSASA). A população em estudo, foi composto por utentes que frequentaram o CS ASA (Centro Saúde de Achada Santo António), um dos bairros mais populoso da cidade da Praia, segundo os dados do censo de 2010 tinha, aproximadamente 17.931 habitantes. A recolha dos dados decorreu de 16 a 24 de setembro de 2019, durante 7 dias úteis. A amostra foi calculada com base nos dados dos utentes que frequentaram o CS, durante o mês de setembro correspondente ao total de 3722, distribuídos por diferentes serviços, dividido em 3 grupos de 7 dias úteis, com média de 1183 utentes entre os grupos. Para análise dos dados a nível inferencial aplicamos o teste de Qui-quadrado e de Kruskall-Wallis. As dimensões da satisfação avaliadas, foram a satisfação global, a qualidade global dos serviços, a satisfação relativa aos profissionais de saúde, a satisfação relativa às instalações, a satisfação relativa aos serviços prestados, e aspetos sociodemográficos dos utentes. A amostra foi constituída por 145 indivíduos, sendo, a maioria dos que procuraram os serviços de saúde do CS, 79% são do sexo feminino, com maior incidência na faixa etária dos 19 a 50 anos. A amostra analisada permite-nos constatar que o nível de satisfação é positivo. Como aspetos prioritários a melhorar, apontaram não só a necessidade de disponibilização de mais médicos e enfermeiros, como também a melhoria nos equipamentos e a redução do tempo de espera para as consultas.Em termos de recomendação, 92,8% dos utentes declarou que recomendariam aos familiares ou amigos a procurarem o serviço do CSASA e afirmaram que voltariam ao CS.
item.page.description
item.page.subject
item.page.citation
Barros, Ana Bela. 2020. Avaliação do Nível da Satisfação dos Utentes no Centro Saúde de Achada Santo António. Praia.
item.page.collections